segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Florista de Alma




Flor de Lis gostava muito de flores de todas as espécies.

Tinha uma amiga que a acompanhava  nos passeios pelo prado, contemplava as montanhas com esmero. O verde da mata  ao longe a encantava demasiadamente 

Segurança o cesto floral com toda delicadeza para não ferir alguma florzinha mimosa.

Ficava horas sentada num banco feito de tronco de árvore ao lado do seu preferido jardim formoso.

Na realidade o cenário era divino, tanto o local paradisíaco, as moças floristas, o prado verdejante, as belas flores do campo e o ar puro que os envolvia a todos numa beleza descomunal.

O que mais lhe tocava ao 💙 era poder agradecer ao Criador por tantas Delicadezas que a rodeavam.

Ouvia o sonoro canto dos pássaros na copa da árvore como se fosse uma sinfonia e emoldurar tão belo momento 

Flor de Lis tinha doçura de menina e suas mãos, a maciez das pétalas aveludadas que tocava. Seu perfume era de jasmim. Seu sonho juvenil era flóreo e odorizado como uma camélia vermelha.

Nasceu para ser caçadora de flores.






Um comentário:

  1. Que linda história e ser caçpadora de flores é maravilhoso. Faz um bem danado!E bom que sabia ser grata por tido que via e tinha! Legal! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir