quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Cantinho do Poeta (Graça Pires)

 




(imagem da net)

Desde Janeiro, uma vez por mês, poetas amigos desfilarão por aqui com poemas sobre a Arte da Poesia  pela poesia.

Nossa terceira homenageada será a querida amiga Graça Pires  uma poetisa filosófica muito inspirada.

Seja bem-vinda em nosso Cantinho do Poeta,  querida Amiga!





Procura a poesia. 

Continua a desejá‑la 

porque ela tem um poder de absolvição,

 suscita interrogações,

 aumenta a perplexidade sobre o mundo,

 faz sentir de um modo intenso todas as emoções. 

Não a excluas da tua vida.

(A Poesia Move-se na Sombra)

Graça Pires


Participação dupla:


Gostas de poesia? 

A maioria não gosta e não sabe a razão. 

Não foi habituada a lê‑la. 

Não a entende. 

Que posso dizer? 

Aprende‑se a amar a poesia lendo‑a. 

Lentamente. 

Como se aprendeu a falar. 

Ninguém lê um poema como o autor o concebeu. 

O fascínio está aí: em cada um sentir o que leu, do modo que leu. 


Graça Pires





Obrigada, minha Amiga, por embelezar a blogosfera com poesias tão lindas.

Poetas homenageadas no Cantinho do Poeta:


1- Ailime

2- Gracita

3- Graça Pires

4...





Incólume (Série Mulher Poema 1)

 





A pitonisa com seus amigos,
na leveza dos belos dias,
toca sua suave lira.

O acorde é perfeito,
 acalma e apazigua a alma
dos  iluminados penachos.

Sua aura tem doçura,
delicadeza é seu cognome,
derruba até os sátiros.

A beleza do lugar é mágica,
formosa no contexto ímpar,
águas serenas se condensam.

Ela dá atenção aos gansos,
enciúmam-se os cisnes,
é toda atenção aos bichanos.

Toda a natureza emudece,
no calor dela que aquece,
reina, incólume, o Belo Amor.







domingo, 25 de fevereiro de 2024

Espiritualidade de Pôr-do-sol (Série Pôr-do-sol)

 


(Imagem criada pela IA)




Um ser em busca de luz, 
contrasta com seu interior,

Da espiritualidade, faz jus,
entre crepúsculo ela reluz.

Virá do alto sua pacificação,
requer contemplar na emoção.

Tanto brilho no poente belo,
sonha alto, será só anelo?

Galga alturas, larga agruras,
pelo pôr-do-sol em ternuras.