quinta-feira, 25 de maio de 2017

Meu RX





   Qual um prato preferido que não seja de sua região? 

Moqueca capixaba...
Caruru baiano...
Frango com polenta mineiro...
Cozido português...
Bacalhoada portuguesa...
Churrasco carioca ou gaúcho...
Baião de dois (norte)...
Massas italianas...
Gosto de tudo, não tenho rejeição a nenhum tipo de alimento..

Quais pecados capitais que você se julga invulnerável? 

Luxúria, vaidade, inveja, preguiça e avareza...

(Demoro a ter ira mas quando a tenho, implodo)... 
(Na linha sufista, sou vulnerável a outros pecados capitais como o medo e a tristeza)...


Defina-se com uma palavra.
Romântica


II
O que é pior? Falhar ou nunca tentar?
Sem sombra de dúvidas: nunca tentar... mas tem vezes que cansa, sinceramente!


  Você está fazendo aquilo que acredita, ou se conforma com o que está fazendo?
Jamais me conformo com mediocridade... quero muito, sou intensa como Clarice Lispector...
Só desisto se não vale  a pena... Deus sempre me mostra a verdade dos fatos... mais cedo ou mais tarde...

(Rio Mamoré e Rio Madeira num encontro festivo)

 Se aprendemos com nossos erros, por que estamos sempre com medo de cometer um erro?
Errar no alvo não faz nada bem para o espírito, talvez seja por isso... psicologicamente, rejeito o que não me convém apesar de poder tudo, como diz S. Paulo...
Deus não merece minha impetuosidade e ingratidão...


III
     Se tivesse asas por onde voaria?
Para os braços dos meus netinhos sempre que precisassem de mim...


Se soubesse do seu fim o que faria?
Iria para um eremitério onde pudesse visualizar montanhas...

Qual estação do ano prefere, por quê?
Primavera pois tem sol e flores...


Percorrer muitas estradas, voltar para casa e olhar tudo como se fosse pela primeira vez.
(Paulo Coelho)

Meu RX

Gosto de comer
Alimentar
Corpo e espírito...

Não gosto de preguiça,
Luxúria e avareza...
Vaidade e inveja para quê?
Sou apenas pó!

Sou medrosa,
Bate,
De vez em quando,
 Uma coragem inifina
Movo-me,
Galgo alturas imensas,
Causo espanto até.

Sou romântica e carinhosa,
Por natureza,
Sofro por isso...

Tento ser feliz,
Fazer feliz,
Implodo ao não conseguir.

Abomino a mediocridade,
Sobretudo,
A do espírito...
Sou intensa,
Efusiva,
Na maioria das vezes...
Se me ferem,
Estouram meu balão interno,
Ferem meu ser
Na essência,
Implodo...
Custo a levantar-me,
Em se tratando
Dos quem amo...

Tenho erros no alvo,
Sou humana demais
Ainda...

Meus netos,
Minha paixão
Na Melhor idade...

Amo a solidão,
O silêncio,
Sou gente, porém...

Sou revestida de flores,
Sol e Luz...
A do Alto me concede
A graça de ser,
Não só existir!


Não sou alegre nem sou tristeSou poeta.
(Cecília Meireles)


Estive 40 dias fora de casa e não pude participar de todas e estou respondendo hoje, com muito carinho pelos organizadores da blogagem... 




terça-feira, 23 de maio de 2017

Minha Letra, Minha Marca D'Alma


Minha letra, minha marca d'alma, meu tesouro.


Meus livros, meu imenso amor às Letras.


Aos amigos que gostam de ler:







♥ Vamos brincar com a chica nº 17? ♥

sábado, 20 de maio de 2017

Vivendo

 I
Viajo com corpo e alma
Deixo reluzir,
Impregnar em meu ser por inteiro...
Viages marcadas me deixam feliz,
Vou por aí
Com rumo certo...

II
Aprecio o belo lado da vida!
Deus me dá a Graça
De poder contemplar,
Viver!
Com mais ânimo, generosidade
Desfruto de paz e alegria serena.

Percorrer muitas estradas, voltar para casa e olhar tudo como se fosse pela primeira vez.
(Paulo Coelho)

Nisso estou...