terça-feira, 27 de abril de 2021

Flóreo Azulado

 




🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹


Mimosas, dengosas, delicadas, tão amorosas,
Ponho-me nos fortuitos encontros altruístas.

Doces encantos, perfumados botões e flores,
Enternecem-me da mãe natureza, Delicadezas.

São salpicados de doçura, respingados flóreos,
Chapiscados de encantos, pinceladas divinas.

Galhos são suportes bem aprumados, florais
Distendidos na confiança das firmes regalias.




terça-feira, 13 de abril de 2021

Florista do Amor

 







Rego com carinho minha flor no interior,

Tenho serenidade de Pescadora de Flor,

Mansidão de Menina no Jardim do Amor,

Espero com ternura o florescer oportuno.

🌹

Meu 💙 é florido, mesmo tão dolorido,

Sinto esperança em cada regada especial,

Afeto medido generosamente, Moça Flor

Cuida com um zelo bondoso e encantador.

🌹

Minhas flores são viçosas, belas, têm ardor,

Haja chuva ou sol, refletem humano calor.

Dou tudo de mim no bom ofício, sou penhor,

Não deixo seca a terra nem roubar um gatuno.

🌹

Entre verdes e vermelhos, num bom colorido,

Meu avental me protege de todo olhado mau,

Sou atenciosa com elas, delas não sinto temor,

Jardim para Mulher Florista é puríssimo Amor.

🌹




sábado, 10 de abril de 2021

Sabor de Frutas Frescas

 



(Vi o vídeo  Aqui)

Sonho encantado, saboroso, suculento,

Percorro caminhos com leveza e beleza,

Encantam-me as mariposas, os pássaros,

São cantos e encantos na bela sinfonia.


Com paz na alma, piso bem devagarzinho,

Não ouse eu deteriorar qualquer galhinho,

Respeito o habitat e suas maravilhas belas,

Em tons azulados, esverdeados, aquarelas.


Frutas outonais estão na berlinda, ainda,

Só as contemplo, dou passos bem lentos.

Reina no cenário tênue e delicada alegria,

Desperta meu bom senso, tristeza se finda.


Os raios do sol infiltram-se no arvoredo,

Dão toque majestoso ao postal tão belo,

Se tenho flores perto de mim, é segredo:

Sinto viver o céu na Terra, sem degredo.









terça-feira, 6 de abril de 2021

Amor Outonal




Independente das chuvas,

Dos fresquinhos no ar,

Das tempestades da alma,

Do chão escorregadio...


Independente das cores,

Das luzes embaçadas,

Do banco vazio,

Do abraço desejado...


Independente das intempéries,

Dos dias com clima ameno,

Do guarda-chuva aberto,

Do desejo de ti contido...


Independente de ser Outono,

De ânimo encolhido,

De angustiada espera,

Dos 💙💙 arrefecidos...


Independente da Estação,

De toda desolaçâo,

Da iminência do aguardo,

Há certeza de sermos amados...









 

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Devaneio e Delírio Sadios


💙 3 meses 💙



Abraço meu travesseiro delicadamente,
Muitas vezes, o ensopo com as saudades,
De repente, me vejo apertando-o suave,
Mais demoradamente, com lembranças.

É na noite que se faz sentir o doce Amor,
É no deitar que se assediam recordações,
É na almofada que enxugo meu pranto,
É no 💙 que conservo intenso sentimento.

Abraço meu travesseiro como te afagava,
Muitas vezes, o beijo, o abraço, teço laços,
De repente, sentires, doçuras, sensações, 
Jamais serão desfeitos, nem as emoções.

É na noite que me desfaço em lágrimas,
É no deitar que te acarinho com todo afeto,
É na almofada que ponho meu são delírio,
É no 💙 que, em vão, sinto meu devaneio.



sábado, 3 de abril de 2021

A Natureza em mim

 






Desafio Literário de Abril

Tema  A natureza em mim


Proposto por:

Uma iniciativa de:

https://depressaocompoesia.com/




Sou una com a bela natureza,

Ela e eu somos uma só,beleza.

Temos sintonia, ela, realeza.








Tanto faz o céu com suas nuvens

Majestosas, muito formosas, belas,

São rabiscos ímpares as delicadas.





Quando saio, seja ao médico, atenta

Fico ao meu redor. Para bem observar

Só carros? Ganho mais ao céu olhar.






Há flores ao meu redor, há cores e glamour,

Tanta formosura a contemplar, extasio-me,

A natureza tem muito a dizer. É puro Amor!






Vamos em uníssono, ela me íntegra, restaura,

Não volto a mesma, trago aromas, lindezas,

A natureza tem poder, regenera, acalma aura.






Meu dia amanheceu assim...

É ou não é uma visão celestial?

Como não se encantar?

Ah! E tem meu mar, quando descer vou logo espiar e namorar.