quinta-feira, 30 de junho de 2022

Delicadezas das Almas

 




Cachinhos dourados,

Momentos azulados,

Tons neutros matizados,

Movimentos delicados.


Sutilezas momentâneas,

Ternuras simultâneas,

Delicadezas das almas,

Consagradas maravilhas.


Vieses, reveses, sensatez,

Embriaguez voláteis,

Pertencentes entes amáveis,

Presentes prementes doces.









7 comentários:

  1. Lindos cachinhos dourados e como é bom ver, sentir, oferecer e receber as delicadezas das almas!
    Linda poesia! Ótimo dia!
    beijos, tudo de bom,
    chica

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso de ler
    Cumprimentos poéticos

    ResponderExcluir
  3. Uma publicação fascinante!!
    -
    Nas dobras do tempo...

    Beijos. Votos de uma excelente semana

    ResponderExcluir
  4. Muito bonito!
    Que as delicadezas da alma sejam sempre presentes.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  5. A delicadeza que cantou figou representada na imagem. Lindo! Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Rosélia.
    Belas palavras, um toque de delicadeza na alma.
    Abraços fraternos.
    Juliana.

    ResponderExcluir