quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Abandonados Pela Teia Amorosa







Absorta na leitura musical; ele me presenteia,
Vindo ao meu encontro na areia,
Ergo meus olhos ao céu, o vejo como numa teia,
Meu sorriso logo se esboça no rosto,
Pulo em seu ombro num delicioso abraço.
Fomos embora, assim aconchegados.
Esqueci-me deles: largados!
Amor gostoso!



E sentir o céu dentro dela...



Um 'empurrãozinho' de amor vai sempre bem...


6 comentários:

  1. Sua participação ficou bem romântica e o vídeo é lindo- Acender a chama do amor.

    ResponderExcluir
  2. Um amor que faz ser livre e absorto, largado nos braços do amor

    ResponderExcluir
  3. Gostoso mesmo o amor que faz de tudo esquecer pra seguir abraçados...bjs, chica

    ResponderExcluir
  4. Um abandono mágico a unir almas enamoradas...amor, amor, amor.
    Romantismo traz cor vibrante às horas.

    Lindo poema, Rô.
    Bjooooo,
    Calu

    ResponderExcluir
  5. Bela participação com este amor que faz esquecer as coisas materiais.
    Abraços.
    Bjs de paz amiga.

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua participação tão romântica!
    Abraços e até mais!

    ResponderExcluir