quinta-feira, 2 de maio de 2013

Réu Confesso



Mar afora e sôfrego.

Calado, 

Sussurrante, 

Murmurante, 

Doído. 

Exuberante, entretanto! 

Cálido, muitas vezes. 

Réu, confesso, 

De tantos amantes.


11 comentários:

  1. Que lindo,Rosélia!! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Lindo isso, querida.
    A imagem é um beleza e me faz desejar estar perto do mar, que tanto amo.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Olá minha amiga, o mar para mim é, ao mesmo tempo, magnífico e assustador!
    Uma linda noite pra vc! :))
    Bjssss
    viverprendendo.com

    ResponderExcluir
  4. Ah, os amores infindos que este mar provoca...
    Linda foto, belo poema, Rô.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  5. Oi Rosélia! Como vc tá amiga?
    Bjos, Lú.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, minha flor de amiga
      To ótima e vou caminhando com Deus no coração e na missão...
      Bjm de paz e bem

      Excluir
  6. E como, heim,Rosélia? A foto é deliciosa! É de sua casa? Amei! Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida amiga do coração
      Não, é de Guarapari(ES) onde estou bem pertinho...
      Bjm de paz e bem

      Excluir
  7. Oi Roselia!Blog novo?Está lindo de viver e amei essa msg tb!bjs,

    ResponderExcluir
  8. Mar, gosto dele em todas as versões.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Belo texto! esta praia parece-se com uma praia ao sul de natal que eu visitei.

    ResponderExcluir